O que é Ansiedade Social?

psicoterapia-cognitivo-comportamentalAquele forte desejo de agradar a todos, de atender a todas as expectativas e preocupação excessiva sobre o que vão pensar a seu respeito ou diante de seus comportamentos ou conduta pode não ser algo simples se este sentimento faz com que você se isole e perca a vontade de sair.

Pessoas com um alto grau de timidez, receios de cometer “gafes” nas relações sociais a ponto de evitar o contato com público e que se consideram extremamente ansiosas em situações onde tem que falar em público ou expor suas ideias para um pequeno grupo de pessoas podem estar sofrendo de transtorno de ansiedade social.

O transtorno de ansiedade social ou fobia social é caracterizado pelo medo persistente de uma ou mais situações nas quais o individuo é exposto à possível avaliação por parte de outros, sendo o centro das atenções ou exercendo atividades básicas como comer, beber ou falar em público.

A evitação destas situações é freqüente e constante, o que caracteriza a esquiva fóbica. Porém, quando tais situações são inevitáveis, são evidenciadas manifestações importantes de ansiedade freqüentemente acompanhadas de sintomas físicos (ex.taquicardia, tremores, perda de fôlego, sudorese e dores abdominais). A pessoa reconhece que seu medo é irracional e excessivo.

Além destes, existe também os sintomas comportamentais que incluem uma sensação de congelamento e paralisia, na qual a pessoa não consegue reagir, e evitação fóbica da situação ou objeto da fobia.

O tratamento para o transtorno de ansiedade social é realizado através de Psicoterapia onde o principal foco é aliviar e controlar a ansiedade, que nestes casos costuma estar muito alta, além de o psicólogo ensinar o paciente a questionar seus pensamentos (que não ajudam), definindo como metas: melhorar suas habilidades sociais e trabalhar suas dificuldades em situações específicas de acordo com cada um.

Talita Simões

Psicóloga